Acupuntura e seus benefícios

18/08/2016

 

A acupuntura é uma das técnicas da Medicina Tradicional Chinesa que podemos utilizar nos tratamentos de quadros dolorosos e de distúrbios energéticos. O início da acupuntura data de cinco mil anos atrás e, como outras teorias orientais, se encontram envolta de muitos mistérios. Muitos podem se perguntar como alguém pode concordar em introduzir no seu corpo agulhas na tentativa de tratar determinadas doenças.


No Oriente, a acupuntura vem sendo usada com finalidades preventiva e terapêutica há vários milênios. De fato, agulhas de pedra e de espinha de peixe foram utilizadas na China durante a Idade da Pedra (cerca de 3000 anos AC). Ney Jing, ou "Clássico do Imperador Amarelo sobre Medicina Interna", texto clássico e fundamental da MTC, descreve aspectos anatômicos, fisiológicos, patológicos, diagnósticos e terapêuticos das moléstias à luz da medicina oriental. Nesse tratado, já se afirmava que o sangue flui continuamente por todo o corpo, sob controle do coração. Cerca de 2000 anos depois, mais precisamente em 1628, William Harvey, proporia sua teoria sobre a circulação sangüínea (ALTMAN, 1992).


A acupuntura originou-se da filosofia Taoística. Os chineses concebiam o universo inteiro (energia universal) como sendo constituído por dois princípios, Yang e Yin, o positivo e o negativo. Considerados dois polos coexistentes e complementares de um todo indivisível. O perfeito equilíbrio entre essas duas forças – Yin e Yang – é a saúde. As dores físicas, o mal estar e as doenças, sob o ponto de vista da Acupuntura, são apenas gradações diversas do desequilíbrio da fluência do Yin e do Yang, que são as energias que dão vida ao homem. A acupuntura visa apenas restabelecer esse equilíbrio e o consegue, realmente restituindo o conforto físico e mental e o bem estar geral ao indivíduo.


Principalmente nos últimos 20 anos a acupuntura tem crescido e tem tido grande aceitação como tratamento nos países ocidentais. De acordo com a medicina tradicional chinesa, as lombalgias, assim como toda a coluna vertebral depende do Shen Qi (Rins), e quando existe uma deficiência de Qi, surge a condição básica para que haja as alterações energéticas, funcionais e orgânicas na região. Normalmente há deficiência de Shen Qi (Rins) associada a patologia energética dos Zang Fu (órgão/ víscera) e dos Jing Luo (Canais de Energia e Colaterais) (YAMAMURA, 2001).


A MTC através da acupuntura proporciona excelentes resultados no tratamento de dor em coluna. Estudos demonstram que a acupuntura induz o organismo a produzir esteróides, que diminuem o processo inflamatório. A MTC também estimula a produção de endorfinas, analgésicos naturais do corpo, melhora a sensação de bem estar, humor, a qualidade do sono e o relaxamento global, contribuindo assim na diminuição do espasmo e da dor (MACIOCIA, 1996).


Muitas pesquisas estão sendo realizadas no que diz respeito aos mecanismos e ações da acupuntura no corpo humano. Existem estudos já desenvolvidos com a acupuntura nas dores lombares, mas poucos foram criteriosos o suficiente para chegar a uma conclusão confiável. Alguns desses estudos foram catalogados por Lewith e Kenyon, sendo um dos melhores trabalhos – correspondendo a uma pesquisa controlada e em duplo-cego - comparou a acupuntura com uma injeção de “lidocaína” em 77 pacientes com dores lombares crônicas. Concluiu-se que a acupuntura obteve melhora de 36% e a injeção de “lignocaina” teve melhora de 22%, no que dia respeito à dor. Outros trabalhos foram desenvolvidos em protusões discais, dores musculoesqueléticas entre outros, sendo que a acupuntura obteve resultado considerável, mas com grandes variações estatísticas e pequenas amostras. Experiências clínicas demonstram que técnicas de manipulação associadas a acupuntura vem produzindo ótimos benefícios em alguns pacientes (MACIOCIA, 1996).


Segundo a MTC, a dor lombar possui diferentes etiologias. O Trabalho Físico excessivo quando realizado com regularidade, sobrecarrega os músculos da região e os Rins, enfraquecendo os músculos desta região e no aspecto energético o Qi do Rim. Na fase aguda o desgaste físico também causa estagnação local de Qi e sangue nesta região gerando dor. O excesso de atividade sexual, também, sob a visão energética, enfraquece as costas, pois esgota o Qi do Rim. Este, quando deficiente deixa de nutrir e fortalecer os músculos das costas. A gravidez e parto pode enfraquecer as costas sob dois aspectos: físico e energético. A Invasão Externa de Frio e Umidade acometem a residência do Qi original que se encontra na região das costas, por isso esta deve ser aquecida e protegida. O frio e a Umidade favorecem a invasão de fatores patogênicos nos músculos, tendões e Meridianos das costas. O excesso de trabalho sem pausa para descanso por longas datas leva ao esgotamento do Yin do Rim. Este deixa de nutrir corretamente as costas causando dor. E por último os exercícios inadequados, a falta de exercício (sedentarismo), principalmente da sociedade Ocidental, gera o enfraquecimento dos ligamentos e das juntas da espinha, predispondo o indivíduo a problemas de disco, principalmente se combinado com posturas inadequadas.

 

Devem ser aconselhados exercícios moderados e regulares. (MACIOCIA, 1996). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a acupuntura é indicada para mais de 40 campos de atuação, relacionados com: 

 

- Terapia da dor 
- Distúrbios músculo-esqueléticos 
- Formas infectivas e inflamatórias 
- Distúrbios neurogênicos 
- Distúrbios respiratórios 
- Distúrbios gastro-intestinais 
- Distúrbios hemodinâmicos e cardiovasculares 
- Distúrbios urológicos 
- Distúrbios obstétricos e ginecológicos

A distribuição e topografia dos vários tipos de Canais de Energia e de seus Canais Secundários no corpo humano, segundo a Medicina Tradicional Chinesa, nos proporcionam diversas formas de terapias, com a finalidade de atuar nos pontos de acupuntura e conseqüentemente na energia desses Canais com o objetivo de harmonizar os Zang Fu. 


Além das agulhas, diversas técnicas e recursos são muito utilizados, tais como:
 

- Ventosa 
- Agulhas 
- Moxaterapia  
- Auriculoterapia 
- Magnetoterapia 

Please reload

Destaques:

O que é Alzheimer?

12/04/2017

1/10
Please reload

Publicações Recentes:

14/10/2019

14/10/2019

Please reload

Publicações Antigas:
Please reload

Procurar por Tags:
Please reload

Siga-nos:
  • Facebook Basic Square
  • b-facebook